Parque Nacional Alerce Andino

Duração do programa: 7-9 horas
Comprimento - tempo percorrido: até 5 horas
Tempo no veículo: 3 horas aprox.
Dificuldade:
Diferença acumulada na elevação: 856 m.
Altitude máxima: 1.091 metros acima do nível do mar
Altitude mínima: 235 metros acima do nível do mar
Intervalo de tempo a pé: 4-5 horas
Inclui: Transporte - Snack - Trekking Poles - Binóculos - Guia bilingue certificado com WFR.
O que devo vestir: Sapatos de trekking - Casaco impermeável - Polar - Primeira camada - Boné de sol - Garrafa de água - Óculos de sol


Viajando através de Reloncaví em direção ao leste, a primeira seção da famosa Carretera Austral é percorrida, considerada uma das estradas mais cênicas do mundo. Através desta rota, você chegará às portas do Parque Nacional Alerce Andino, através do setor Correntoso ou Lenca, um lugar cercado por vulcões, vales e o Oceano Pacífico.
Este parque foi criado para proteger uma das últimas florestas de larício (Fitzroya Cupressoides), uma espécie que estava à beira da extinção devido ao corte indiscriminado que ocorreu entre os séculos 19 e 20. Sua madeira é conhecida por sua alta qualidade para a construção de casas e barcos.

O alerce é uma espécie de árvore de enorme importância, já que é considerada a segunda espécie de árvore mais antiga da Terra. Você pode encontrar espécimes que excedam até 3.000 anos de idade. É também a espécie de árvore mais alta de todo o cone sul, com taças que excedem os 40 m.

No Parque Nacional Alerce Andino existe um ecossistema caracterizado por uma biodiversidade muito particular que serve de habitat para muitas espécies. O pudu é um deles, considerado o menor da família dos veados, também há piscadelas e o macaco da montanha.

Através de seus caminhos, será possível admirar algumas das mais de 50 lagoas que existem dentro do parque e maravilhar-se com esses seres ancestrais que já viveram aqui antes do nascimento de Jesus.

Reservar uma viagem/passeio

Observação: não revele dados pessoais ou de pagamento em seu pedido